Respirar poluição engorda e aumenta o colesterol

Sabia que o ar que respiramos nos causa doenças, engorda e ainda por cima deixa nossa pele feia?

Cientistas realizaram estudos na cidade de Pequim, capital da China, onde em dias realmente ruins a poluição pode atingir 10 vezes a recomendada pela Organização Mundial da Saúde.

poluicao_1_0O experimento foi o seguinte: Os cientistas da Universidade de Ohio, bombearam o ar da cidade de Pequim e confinaram num quarto vedada e lá colocaram ratas grávidas de laboratório para respirar esse ar extremamente poluído e perceberam que o risco de obesidade, o colesterol e a inflamação de tecidos corporais aumentaram depois da experiência.

Em outro quarto, também com ratas grávidas, eles bombearam ar filtrado, pelo menos dois terços menos poluído.

No início as ratas tinham o mesmo peso,  a mesma faixa de colesterol e a mesma raça, e foram alimentadas com as mesmas quantidades de comida durante todo o estudo.

Mesmo assim, depois de 19 dias de experimento, os cientistas perceberam que as ratas que estavam confinadas no quarto com o nível de poluição mais elevado estavam pesando mais e tinham taxa de colesterol maior do que as do quarto limpo.

BEIJING, CHINA - DECEMBER 09:  A  Chinese woman wears a mask and filter as she walks to work during heavy pollution on December 9, 2015 in Beijing, China. The Beijing government issued a "red alert" Sunday for the first time since new standards were introduced earlier this year as the city and many parts of northern China were shrouded in heavy pollution. Levels of PM 2.5, considered the most hazardous, crossed 400 units in Beijing, lower then last week, but still nearly 20 times the acceptable standard set by the World Health Organization. The governments of more than 190 countries are meeting in Paris to set targets on reducing carbon emissions in an attempt to forge a new global agreement on climate change.  (Photo by Kevin Frayer/Getty Images)

E tem mais: as expostas à poluição estavam com dificuldades para transformar o açúcar ingerido em energia – um princípio de diabetes -, e apresentavam inflamação nos tecidos corporais – uma resposta natural do corpo à intoxicação.

Quando os filhotes nasceram, os cientistas notaram que, assim como as ratas mães, aqueles que viviam no quarto poluído eram mais gordos que os do outro quarto – e também apresentavam maior resistência à insulina e mais inflamação dos tecidos.

Quanto mais os ratinhos respiravam o ar poluído, menos saudáveis eles iam ficando.

Se a poluição faz isso com os ratinhos, imagina o que fazem com o nosso corpo? :O

Para os cientistas ainda não ficou claro como a poluição conseguiu afetar tanto o metabolismo dos ratos, mas parece que o ar sujo mexe diretamente com o processamento de açúcar e o armazenamento de gordura no corpo. Disseram que os estudos irão continuar até encontrarem um remédio que barre estes efeitos no nosso corpo mas… Não é melhor, mais eficiente, de maior durabilidade, entre outras coisas se trabalhássemos revitalizando nosso meio ambiente? Tenho certeza que não há remédio mais eficaz!

Nota da blogueira

Este é mais um sinal de que devemos nos preocupar e agir para reverter a atual situação do nosso planeta terra. Pequenos gestos já podem fazer muita diferença e unidos então? Somos capazes de mudar o mundo! Estamos em alerta meus irmãos!

carol

Caroline Bueno

Twitter:@bueno_zz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *